Sugestões e criticas para o transporte coletivo de Mauá

A carta abaixo foi enviada para a ssu, administração e secretário de governo, mas retornou por algum tipo de bloqueio de email, sendo assim, encaminhei para a equipe do Portal MauáMais, pensando que eles possam ter mais sorte em obter uma resposta.

Á equipe do Portal MauáMais
Ao senhor prefeito,
Ao secretário municipal de transportes da cidade de Mauá,
Ao secretário de Governo,

Sou professora e moradora da Vila Feital em Mauá há 17 anos. Pego transporte coletivo todos os dias em vários horários, eu e minha família. E venho por meio desta apontar o que observo como problemas graves tanto de acesso ao Terminal Municipal, quanto da utilização dos ônibus, e sugerir melhorias.

Primeiro gostaria de deixar algumas observações sobre o terminal de ônibus no centro da cidade:

• Escuro: não há iluminação suficiente, o terminal foi todo coberto, porém as telhas transparentes não funcionam à noite, o que deixa o terminal muito escuro e perigoso, usuários reclamam de terem sido furtados no embarque.

• Sujeira: as plataformas são encardidas e as lixeiras não são esvaziadas o dia todo, o que torna o lugar feio e extremamente insalubre.

• Falta de sinalização: as plataformas não possuem numeração; não há, como em Santo André e outras cidades, placas informando aos usuários em que plataforma pode pegar determinada linha; também não há um balcão de informações; não há placas sobre a lei antifumo ( inclusive esta semana vários usuários fumavam ao mesmo tempo na plataforma); também não há placas avisando a prioridade de idosos, gestantes e deficientes, no acesso aos bancos (que por acaso são feitos de cimento), outro dia quase derrubaram um rapaz em cadeira de rodas no embarque.

• Tratamento ao usuário: tanto os fiscais da empresa Barão de Mauá, quanto funcionários da prefeitura humilham usuários, várias vezes que fomos reclamar de atrasos ou outras questões fomos muito maltratados, uma vez quase pensei que o fiscal da Barão iria me agredir, o que demonstra falta de preparo. E penso que quem deve administrar o terminal é a prefeitura e não uma empresa de ônibus que é prestadora de serviços.

• Tumulto no embarque: há um enorme empurra - empurra no embarque e desembarque dos ônibus nas plataformas; por vezes pessoas se machucam, e não há fiscalização e nem orientação que auxilie um embarque seguro, ou mesmo formação de filas.

• Comunicação com os usuários: não há um sistema de comunicação com os outros usuários como em outros terminais, por exemplo, do Terminal da Praça da Bandeira em São Paulo, em que os usuários são avisados de possíveis atrasos numa determinada linha, e os motivos desses atrasos, com a previsão de embarque. Entre tantos outros avisos, como reforçar o embarque seguro e o respeito às leis.

Sugestões:

1. Ampliar a iluminação com urgência;

2. Numerar as plataformas; colocar as placas informando as linhas em suas devidas plataformas.

3. Urgente colocar a placa da lei antifumo do Estado de São Paulo; e as demais leis que devem ser respeitadas em espaço público e coletivo.

4. Ter logo na entrada próximo as catracas um balcão de informações e ajuda ao usuário.

5. Faz-se necessário um projeto que possa "educar" os usuários para um embarque seguro, com fiscalização, orientando para a formação de filas, como é feito, por exemplo, no Terminal de Santo André e Ribeirão Pires. O Metrô e a CPTM têm um paulatino projeto de educação dos usuários, tanto através de panfletagem, como cartazes e boca a boca.

6. Colocar um sistema de comunicação aos usuários, como no Terminal Bandeira em São Paulo e também utilizados pelo Metrô e CPTM. Em que possamos ser informados sobre atrasos, segurança, as leis; e utilidade pública, como ocorria (em partes) quando existia a rádio no terminal.

Problemas com empresa Barão de Mauá:

• Os atrasos constantes tanto no embarque no terminal quanto nos bairros;

• A falta de manutenção adequada, o que acarreta a quebra dos veículos, que não são repostos, ficando o usuário sem o transporte;

• A sujeira nos ônibus;

• Faltam avisos e comunicação com o usuário: quando uma linha vai mudar de itinerário é necessário que tenha no ônibus um aviso prévio. Isso ocorreu, por exemplo, com a linha do Jardim Mauá no ano passado.

Sugestões:

1. Necessidade urgente de melhora na frota. Observo que há circulação de ônibus novos em algumas linhas, mas, nos bairros mais periféricos continuam os ônibus velhos.

2. Manutenção e substituição imediata de ônibus quebrado, não permitindo que a linha fique descoberta.

3. Limpeza durante todo o dia (como ocorre nos trens e metrô);

4. Um quadro de avisos nos ônibus sobre alterações de itinerário, informações gerais, telefones disponíveis para reclamações e sugestões, além das leis em vigor, como os assentos prioritários e o uso inadequado de aparelhos sonoros.

Como usuária do transporte público e munícipe da cidade de Mauá deixo minhas reclamações, mas, sobretudo, minhas sugestões, do que vejo que tem funcionado em outras cidades e que podem melhorar muito o acesso ao terminal, tornando, inclusive a espera do transporte (que por vezes é muito longa) mais humana. O Terminal Municipal é a porta de entrada para cidade, ele diz muito sobre ela, além disso, pagamos caro por esse transporte.

Gostaria que pudesse obter uma resposta em breve, inclusive me dispondo a contribuir com as melhorias.

Atenciosamente,

Janaína Monteiro

Postagens mais visitadas